e-Zap! Seu cantinho 'zap' na net

As Maiores Mentiras da Internet

1 – O turista do World Trade Center



Após os atentados de 11 de setembro, surgiu uma foto de um turista em cima de uma das torres gêmeas com um avião bem próximo da torre, que teoricamente seria momentos antes dos ataques terroristas. Na verdade, trata-se de uma montagem, o avião que se chocou é um Boeing 767 e o que mostra na foto é um 757, além disso, na foto mostra o avião se aproximando da torre norte, sendo que essa não tinha ponto de observação para turistas.


2 – Vírus do ursinho


E-mails circularam dizendo que o aplicativo “jdbgmgr.exe”, que possui um ursinho como ícone, era um vírus e que deveria ser apagado imediatamente do computador. O arquivo em questão não era vírus, mas sim, um componente necessário do Windows.


3 – Microsoft Firefox


É uma farsa recente. Uma montagem muito bem elaborada de um site mostrava o novo Microsoft Firefox 2007 Professional. A montagem era tão bem feita que muitos usuários do Firefox acreditaram.


4 – A cobra do McDonald’s


Surgiu na rede a estória de que em um restaurante da rede McDonald’s de Goiânia, uma criança estava brincando em uma piscina de bolinhas. Ela reclamou várias vezes para a supervisora do brinquedo de que havia tomado choque, porém a supervisora alegava que não era choque, pois o brinquedo não tinha nenhum tipo de ligação elétrica. Na terceira vez que a menina reclamou, ela desmaiou. A menina morreu por envenenamento e após esvaziarem a piscina de bolinhas, acharam um ninho de cobras no local. Esse fato teria, segundo a lenda urbana, provocando o fechamento de quase todos os estabelecimentos da rede na cidade.

Essa lenda urbana surgiu nos EUA, a mesma estória se repete inúmeras vezes, com algumas pequenas mudanças. Sites tomaram conhecimento do assunto, investigaram e chegaram à conclusão de que tudo não passava de uma lenda urbana.


5 – Coca-cola light + Mentos


Várias pessoas receberam um e-mail, afirmando que uma pessoa tomou Coca-cola light com uma pastilha mentos sabor hortelã e morreu, pois segundo o e-mail, a junção desses produtos ocasionava uma explosão. Tudo não passa de uma farsa. O especialista da USP que é tratado no e-mail não existe. A Coca-cola divulgou uma nota afirmando: “(…) ao ingerir uma bebida gasosa, esta entra em contato com a comida e o máximo que pode ocorrer é uma pequena expansão do gás dentro da boca, que se dissipa rapidamente, não ocorrendo nada com intensidade semelhante ao experimento que se observa na internet.” Caso semelhante e que também é uma mentira, é o caso da Fanta Uva.


6 – Leite Longa Vida


A mensagem dizia que o número que fica na parte inferior das embalagens de leite significa a quantidade de vezes que o leite foi retomado, repasteurizado e colocado a venda novamente. Pela lei, o leite cru não pode sofrer duas vezes tratamento térmico. Em termos econômicos, sairia muito mais caro para as empresas repasteurizar o leite. A Tetra Pak, responsável pelas embalagens do leite, divulgou uma nota desmentindo o caso e afirmando que o número em questão é impresso no momento da produção da mesma e refere-se ao posicionamento da bobina utilizada.


7 – Agulhas contaminadas


Em 1998, circularam e-mails dizendo que uma pessoa foi ao cinema, sentou em uma poltrona e foi espetada por uma agulha, junto desta havia um bilhete afirmando que a pessoa acabara de contrair HIV. Segundo a Dra. Vânia Maria Bessa Ferreira, no fórum do site da Ong Viva Cazuza, diz que "só haveria risco, ainda que teórico, se esse objeto fosse uma agulha contendo sangue contaminado. Ainda assim, a passagem da agulha pela roupa teria eliminado o sangue. Portanto, não há com o que se preocupar."