e-Zap! Seu cantinho 'zap' na net

Galeria de Placas (31)

 

VENDE-SE ESTA GELADEIRA

_____________________________________________________

QUANTO PERIGO!

______________________

QUE BOM EU NÃO TAVA ACHANDO LUGAR PRA CONCERTAR O MEU COM FIO!

_________________________________________

MÃE, PIDA UMA TAPIÓCA PRA MIM?

_____________________________________________________

QUE NOVIDADE!

______________________________________________________

ESSE DEVE SER GELADO MESMO

____________________________________________________

CHUCK NORRIS APORTUGUESADO

_____________________________________________________


MARCA?

___________________________________________________

SUSPEITAVA DESDE O PRINCIPIO!

______________________________________________

TEM QUE PRENDER ESSE CARA

_________________________________________________

ESSE POETA ME DEU A RAZÃO DE VIVER

____________________________________________________

ISSO SÓ PODE SER COISA DO PSDB

_________________________________________________

AÍ DEVE TER MUITAS "OPIÇÕES" DE MODA

_______________________________________________

NÃO REMOVA, EIN!

________________________________________________

QUE SAUDÁVEL!

____________________________________________

ESSE MERECE ATÉ SALÁRIO!

_________________________________________________

NÃO MESMO!

_____________________________________________________

A CONCORRÊNCIA VAI MORRER DE MEDO!

_______________________________________________________

ESSE FILHOTE PELO JEITO E TRABALHADOR!

________________________________________________________

MUITO CARO!

___________________________________________________

OK!

_____________________________________________

A QUANTOS QUILOMETRO TA O CARA?

_____________________________________________

À PARTIR DE AGORA SEREI MAIS FELIZ!

_______________________________________________________

EM CASO DE INCENDIO NÃO USE OS ELEVADORES, USE ÁGUA.

_______________________________________

NEM QUERIA MESMO!

__________________________________________________

CUIDADO COM A FALCIFICAÇÃO!

______________________________________________


NÃO CONHEÇO ESSA FLOR

_________________________________________________

"ESSES ERROS DE ORTOGRAFIA SÓ PODEM SER DO SEU MADRUGA!"

__________________________________________________

FAIVE?

______________________________________________________

_

A CRISE DE FOME TAVA 'BRABA"

Frase do dia. Só se hoje for segunda-feira dia nove de maio

"Esses dias, o mundo ta parecendo jogo de xadrez: Sexta-feira só falavam do rei e da rainha. Domingo beatificaram o bispo. Depois deram xeque-mate em quem derrubou as duas torres. ...E eu aqui de peão, trabalhando que nem um cavalo..."

 

Lembrando que hoje é dia 9 de maio de 2011.


...

E lá começa mais uma semana manolos!!!

 

 

A nobreza do ato e o Golpe de Misericórdia

Há alguns meses estava lembrando do filme Os Três Mosqueteiros, da Disney, que é um dos meus favoritos. Aí, estava pensando numa cena onde a personagem Sabine de Winter (Rebeca de Mornay) está prestes a levar um tiro de Athos (Kiefer Shuterland), e por isso diz: “Piedade. Atire no coração”. Apesar de soar um tanto poético, nós sabemos bem que evitar o sofrimento, nesse caso, seria dar um tiro bem no meio da cara, e não exatamente no miocárdio. Então ficou a pergunta: onde estava a piedade do tiro fatal?

 

Cena do Filme "Os Três Mosqueteiros, da Disney (1993)

Bom, deixando um pouco de lado essa história do filme, fiz uma pesquisa a respeito de conceitos e fatos históricos menos conhecidos da época.

Atire no coração: equivalente ao golpe de misericórdia
O golpe de misericórdia, chamado “coup de frâce” em francês e “mercy shot” em inglês, era o golpe final, que era dado como misericórdia no sentido de acabar com o sofrimento de alguém ferido – soldados, oponentes, amigos – com ou sem o consentimento da vítima.

Seria uma decisão um tanto complicada tirar definitivamente a vida de um amigo, por exemplo; mas, face o sofrimento de alguém mortalmente ferido que ainda está agonizando, seria realmente uma decisão de extrema piedade e nobreza.

Por que, na literatura clássica, o coração muitas vezes é relacionado ao golpe de misericórdia?
Hoje sabemos que, apesar de ser impossível sobreviver sem um coração, e praticamente impossível sobreviver depois de ter este órgão muito comprometido, nossas funções vitais estão relacionadas a outros órgãos, principalmente o cérebro, que inclusive, em sua falência, é usado para constatar a morte em muitos casos.

Mas, há séculos atrás, o populacho via as coisas de outra forma. Talvez, por ter-se um conceito de que nosso coração figurativo é responsável por nossas emoções e fontes de vida, foi-se associado também o coração literal com as fontes de vida de um ser. Atirar no coração, seria, portanto, dar uma de morte rápida a alguém.

Só isso?
Na verdade, não. As mesmas questões de nobreza que envolviam a misericórdia também relacionavam à dignidade de um ato fúnebre.

Uma pistola clássica, que infelizmente eu desconheço o calibre, podia ser projetada para disparar bolotas de chumbo impulsionadas por uma carga considerável de pólvora. Imaginem o estrago que isso causaria na cabeça de uma pessoa!

Por isso, atirar no coração também seria uma forma de proporcionar uma certa dignidade ao enterro do indivíduo, que poderia inclusive ter um guardamento com o caixão aberto ou redomado.

 

Enterro de um bispo, imagem antiga retratando bem que os
funerais dignos poderiam ser feitos com o corpo exposto

 

Então, quando você ler ou ouvir esta expressão em algum lugar, não precisa mais pensar: "que besteira, atire logo na cabeça!"

Este post foi preparado mais ou menos a uns quatro meses, e tinha decido não postar, por parecer um antro de cultura inútil à uma primeira leitura.

Mas decidi postar após ver durante os últimos meses a falta de consideração que tem-se apresentado no geral com a vida.

Espero que esta leitura transmita uma mensagem de que até quem não tem mais esperança de ser salvo merece ter a sua vida e dignidade respeitada. Pouca vida ainda é vida.

Desconheço os créditos das imagens. O texto é meu.

 

 

Frases de hoje na época renascentista

 

 

“É nóis que voa bruxão” – Somos eu e vossa pessoa voando, feiticeiro pagão!”

“Traseiro de bêbado não tem dono” – “O orifício anular baixo, localizado entre os músculos glúteos daquele que, por ventura de um consumo excessivo de bebidas já com efeito alcóolico, encontra-se demasiado ébrio, não é de sua total propriedade, estando sujeito à alienação de outrem”

“FUUU” – “Expresso a vós meu profundo desgosto, antipatia e repulsão com tal situação”

“Conhece o Mário?” – “A Senhoria reconhece o ser que atua às costas do móvel conservador de vestuário?”

“Conversa mole pra boi dormir” – “colóquio flácido para acalentar bovino”

“Mão na cabeça manolo” – “Peço-te que tenha a bondade de levar as mãos à sua caixa craniana, bom amigo”

“Se eu pudesse eu matava mil” – “Se eu tivesse a chance de designar a tarefa de tirar a vida de um milhar de pessoas, eu o faria”

“Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra” – “Àquele cuja residência e/ou moradia não possui cobertura vítrea, cabe o direito de atirar a primeira leva de pequenos geolitos

“aeHOOOOOOOOO não consigo” – “oraPOOOOOOOOOOOIS não estou apto a desenvolver tal tarefa”

“Malandro é o gato que nasce com bigode” – “Deveras arguto é o representador doméstico da família dos felídeos que veio ao mundo com pelagem supra-labial”

“FUCK YEA!” – “Exalto com grande euforia e satisfação para vós, que o ato cometido foi de devera satisfação pessoal”

“Tem ki ve içu ae!” – “verifique o objeto que está posto em questão, e colocada nessa conversação!”

“Gordo só faz gordisse” – “Cavalheiros que possuem estruturas osseas largas estão propensos a realizar atos que refletem a sua condição”

“Dorgas, Mano!” – “Substâncias químicas ilegais que causam efeito psicoativo, meu bom amigo!”

“fikdik” – “Dedico-vos uma orientação que podes ser eficaz em um futuro próximo”

“Musica – Piriguete” – “Quando ela me avista, movimenta-se rapa ra rapa ra rapa rapariga”

“tire seu cavalinho da chuva” – retire seu equino da precipitação pluviométrica

 “Musica – O sapo não lava o pé” – O dendrobata não pratica higinene pedicular, não pratica porque não é de seu feitio, ele habita em regiões lacustres, não pratica higiene pedicular porque não é de seu feitio, que mal odor proveniente dos artérios inferiores”

“Não contavam com a minha astúcia” –
“As pessoas nao haviam se apercebido previamente de minhas faculdades manhosamente sagazes”

“Boa Champz” –
“Bravo, honrável vencedor”

“Rebolation” – “Deposite as extremidades de vossos membros superiores no encéfalo, porque vai começar… os movimentos harmônico-dançantes com os quadris”

“Manjo das sacanagem” –
“Apresento um elevado grau de conhecimento acerca da sexualidade humana e suas manifestações”

“Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”
– “A persistência ininterruptas de batidas da água no geolito, por persistência acabará o perfurando”

“Corram para as colinas” –
“Alongue vosso passo para uma superfície superior de terra”

“Falou, seus vacilão” –
“Despeço-me de vós, pessoas com baixo intelecto na arte de levar vantagem sobre alguém ou alguma situação”

“É uma cilada Bino” – “
Temo ter de avisar-te, estimada companhia de todos os momentos que trabalha comigo na condução de matéria-prima ou cargas de objetos, mas trata-se de uma armadilha, Bino”

“OWNED” –
“Devo ressaltar com grande veemência e entusiasmo que vossa senhoria acaba de ser vitimada por uma atroz humilhação pública”

“rairiariariari dorgas mano” –
“Risos risos risos, entorpecentes meu caro”

“Me dá meu chip Pedro!” –
“Pedro, por obséquio entrega-me o microcircuito integrado que realiza variados números de funções constituindo um subsistema, que me pertence”

“Quando ver, cagará tijolos” –
“Quando visualizares isto, defecarás paralelepípedos de barro”

“Diga onde vc vai , que eu vou varrendo” – “
Expresse a que lugar se dirige que eu limparei com um pedaço sofisticado de bastão de madeira com fibras de piacava em uma das extremidades”

“Foi o cão que botou pra nóis bebê” –
“O ser que colocaste a bebida de com conteúdo alcoolico eras o Belzebu”

“Beijo na boca me dá sensações” –
“carícias entre a cavidade dos lábios, me provoca devero desejo sexual”

“P*** falta de sacanagem” –
“leviana ausência de falta de pudor”

“Pra dançar créu tem que ter disposição. Pra dançar créu tem que ter habilidade.” – “Demasiado estímulo deves possuir para conduzir esta dança de movimentação pélvica. Exímia destreza deves possuir para conduzir esta dança de movimentação pélvica.”